quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Escola Primária da Quintã




2 comentários:

Anônimo disse...

Mais uma escola do Ensino Primário que encerrou, com o consequente transporte dos alunos para os grandes centros escolares, como vai sendo moda.
E desta forma se destroem os laços familiares e até de vizinhança, lançando crianças de cinco, seis, sete, oito, nove ou dez anos num mundo complexo, obrigando-as a sair de casa bastante cedo e a regressarem, cansadas, já muito tarde.
Sobrecarregam-se as Câmaras com despesas evitáveis e, o que não se gasta pagando a um Docente, paga-se mais caro na factura social que estas decisões sempre acarretam
Também assim se ajuda à desertificação do interior, pois, quem são os casais novos e com filhos que se vêm radicar numa localidade que nem Escola tem para os filhos frequentarem?
Quanto ao edifício, vá lá1 que este até está aproveitado.
Mas há muitos, de norte a sul, votados ao abandono, o que é uma vergonha nacional.
Ruivanense Adoptivo

Anônimo disse...

Que saudades desta escola.
Lembro-me da alegria que sentia quando subia Quintã acima, em grupo com os outros catraios... e quando vínhamos Quintã abaixo, a correr para nossas casas, cheios de saudades dos nossos pais e irmãos, mas certos de que no dia seguinte percorreríamos novamente aquele trajecto.
Goatava de ver essa escola novamente em plena actividade, cheia de crianças ou, caso tal não seja possível, com uma nova vida e novas actividades para a população.