Janeiro 2017





Todos os inícios do ano são de pouca produção aqui no "Vila de Ruivães". Seja pelo frio ou pela ressaca dos festejos de ano novo, é certo que são dos meses em que menos artigos se publicam aqui. Do pouco que se publicou vamos recordar o essencial.
Janeiro é mês de cantar os reis e acompanhamos a participação do Grupo Coral de Ruivães nas reisadas em Vieira do Minho, aqui em fotografia e aqui em vídeo. Já antes, tínhamos mostrado o cantar dos Reis em Ruivães pelo mesmo grupo, num contributo em cima do momento do Bruno Antunes
Do resto da actualidade, a chegada do Inverno que parece que - agora sim! - veio para ficar e, a bandeira a meia haste na sede da Junta de Freguesia.
Para além do contributo referido acima, tivemos apenas mais um, do Amadeu Costa que nos enviou três fotografias com desejos de "bom ano a todos": azeitonas em Ruivães, a actuação dos Alvoradas e, a vista da serra para Ruivães.
Nas fotografias panorâmicas apenas publicamos duas, uma na serraoutra na estrada
Este mês de Janeiro publicamos pela manhã uma série de fotografias do ano 2013. As mais relevantes são: esta vista do alto do Chamado; este espigueiro e esta fotografia de Zebral; ainda em Zebral, pormenor do portão do cemitério; gentes de Ruivães à porta de casa; Vale e Espindo, ou só Vale; obras no Largo de Ruivães, ao longe e mais perto; do alto da Botica, uma construção rural e a vista para a recta da ponte e Tojeira; e, por último, a barragem
À noite publicamos outras coisas soltas, das quais destacamos: fento no rio; Espindo ao longe, o caminho para Espindo, mesmo perto, e depois uma cancela, um espigueiro e uma casa no lugar.
Por último este(s) vídeos do Traves em 2012.

Estatísticas:
- na rede social Facebook: primeiro, segundo, terceiro, quarto e quinto.

Este mês fizemos algumas partilhas na nossa página da rede social Facebook de artigos com 10 anos. Estes resultados são reflexo disso.

Parque de Lazer

Polinização