quinta-feira, 11 de agosto de 2016

VII Caminhada à Serra da Cabreira



7 de agosto, 7.ª caminhada!
Está na moda e recomenda-se a prática de desporto aventura na natureza. Aproveitado o enorme potencial que a Serra da Cabreira tem para este tipo de atividade, a moda pegou e vai já na 7.ª edição anual, (a 2.ª que a AJA Espindo – Associação Juntos pela Aldeia de Espindo) leva a efeito. Esta caminhada-aventura de nível médio-alto pelos montes da Aldeia, este ano, teve uma extensão total de 12,2 km.
Contando com a participação de mais de duas dezenas de caminhantes de várias idades, o programa foi cumprido, começando com a concentração dos participantes pelas 8:30 horas, no centro da Aldeia, onde foi dado um pequeno briefing e entregues algumas garrafas de água aos participantes. Alguns minutos mais tarde, iniciou-se o percurso pedestre, com saída da Aldeia pela rua da poça do palheiro, passando pela capela de Santa Isabel, alto do heiteiro, chedas, tujal, ponte do torno (contígua ao buraco da gola), campos de novais, estrada romana ao longo dos campos do sapateiro, sortes de mixões, rumando depois serra acima pelo aceiro das sortes do barbeito de Santo António até ao cabeço, com passagem pelo marco das 3 quinas. De seguida rumou-se ao parque de merendas da serradela para sob a sombra dos frondosos cedros confortar o estômago e reabastecer o cantil!
De seguida, as gravuras da pedra escrita com passagem pela cabana do pastor foi o destino traçado, que para espanto, alguns filhos da aldeia conheciam o local mas não as gravuras! Daqui, palmilhamos até ao miradouro da serradela para desfrutar da belíssima paisagem que o vale de turio nos proporciona! Seguiu-se a passagem pelas ruínas do fojo da buraca do fojo, a que se seguiu a passagem pelo cruzamento das placas, pela portela (fundo de jadelo), onde ainda se podem observar rudimentares vestígios de antigas construções e se acredita tenha sido o local onde a Aldeia de Espindo terá tido a sua inicial localização. Mas porque os ponteiros do relógio corriam rápido, retomamos a caminhada com passagem pelo ramiscal, ponte do poldro, recanto, vindo a entrar na Aldeia pela rua da poça do carvalho (antigo caminho da rês) até ao parque de merendas contíguo à sede do Conselho de Baldios e da AJA Espindo.
Aí, Amadeu Pereira dos Santos, Manuel Pereira, Manuel Fraga, Guilherme Santos e outros voluntários amigos, desde as 7:30h da manhã dividiam tarefas para que o faustoso almoço dos caminheiros e de todos os habitantes da Aldeia que se quiseram juntar estivesse à altura!
O almoço estava excelente. Dos mais de 5 dezenas de comensais todos davam os parabéns! Durante o repasto e até à meia-tarde, esta caminhada transformada em festa convívio, continuou vigorosa com os acordes musicais do filho do António Campos, o que levou a que vários casais tenham ensaiado um pé de dança!
Está de parabéns o Conselho de Baldios pela fundamental ajuda material e pessoal que deu à AJA Espindo para o sucesso da iniciativa, a qual foi participada por muitos conterrâneos e amigos vindos de várias aldeias da região. Pela parte da AJA Espindo, agradecemos a participação e colaboração de todos, quer na caminhada, quer na confeção do almoço e mesmo na organização, o que nos levou a prometer que em 13 de agosto de 2017, haverá outra aventura, certamente a não perder!
Até lá, cordiais saudações deste vosso amigo, Guilherme Gonçalves



































































































Um comentário:

Anônimo disse...

Linda gente, que bom ver essas fotos, parabens ao comentario.
So falta as fotos do almoço.
Bjs.
Cousin