«Novo Pároco: P.e Fernando Machado»






No final da tarde do passado dia 24 de Setembro o Pe. Fernando Manuel da Costa Machado iniciou a sua atividade nesta comunidade de S. Martinho de Ruivães sendo acompanhado por quase todos os párocos de Arciprestado: Arcipreste, Pe. Alcino, Vice-Arcipreste Pe. Albano, Pe. Nuno Campos e Pe. Eurico Lages Silva. No largo fronteiro à igreja organizou-se o cortejo que subiu as escadas de acesso, primorosamente adornadas com uma passadeira vermelha e pétalas de flores. A professora Maria Ferreira, servindo-se da amplificação sonora da torre, deu as boas vindas ao novo pastor desta comunidade, felicitando-o e desejando-lhe boa estadia e bom trabalho pastoral nesta paróquia. A eucaristia, animada pelo grupo coral de Ruivães, sob a orientação do professor Carlos esteve à altura daquela cerimónia significativa e importante para a comunidade ruivanense. O Vice-Arcipreste Pe. Albano Costa leu, perante a assembleia, o documento da provisão canónica outorgado pelo Prelado da diocese, o qual atesta que o “Pe. Fernando Manuel da Costa Machado possui as habilitações e qualidades necessárias para pároco de S. Martinho de Ruivães”.
No final o Arcipreste felicitou o novo pároco desejando-lhe muita saúde e bem-estar, afirmando “que é para nós motivo de muita alegria e satisfação tê-lo connosco pois, estamos certos, que na sua bagagem trás muitas coisa novas e boas para pôr em prática neste nosso Arciprestado”. Saudou igualmente a Câmara e Assembleia Municipal presentes ao mais alto nível na pessoa dos seus titulares assim como às demais autoridades: Junta e Assembleia de Freguesia, movimentos, associações, centro social, grupo coral e toda a numerosa assembleia. Como não podia deixar de ser também foi deixado um “grande bem-haja ao Pe. Martinho, nomeado pároco desta comunidade há mais de 14 anos (20-07-2003), e que agora cessa as suas funções pastorais nesta paróquia. O seu trabalho de entrega e dedicação deixaram as sua marcas e por isso mesmo merece da parte do Arciprestado o maior apreço e gratidão. 
No final da Eucaristia, toda a assembleia se aproximou do novo pároco para o cumprimentar e lhe desejar bom trabalho na sua missão de pastor. Um jantar num restaurante da terra onde muitos fizeram questão de participar encerrou a jornada festiva, prolongando por mais tempo a alegria do evento. 

2017-09-28

Comentários