ABRIL 2016 (filme)




Apresentação com as fotografias publicadas no "Vila de Ruivães" durante o mês de Abril 2016.


Este mês de Abril, entre publicações da Quintã (e a partir daí, de Espindo e Vale), da Vila e de Zebral, destacamos esta fotografia de Cabaças, a flora e a argola no muro e, este gado e este muro em Espindo. Acompanhamos a Feira de Abril onde mostramos as vivências da feira e as actividades da Comissão de Festas de Ruivães para 2016 com mais um sorteio e o 2º melhor frango assado da EuropaCelebramos o Dia Internacional dos Monumentos e Sítios com a Ponte da MisarelaPonte de Ruivães, o Pelourinho e, a Lage dos Cantinhos (esta com uma fotografia cheia de desportistas). Também estivemos presentes na acção Fogo controlado no baldio de Zebral promovida pela Câmara Municipal e que envolveu diversas entidades.
Publicamos uma série de fotografias dos nossos arquivos do ano 2010 e que começaram com duas fotografias que já são para memória futura, da Ponte da Rês e do Rio Saltadouro, mas que contou com mais coisas como a mesma Quelha no inicio e no fim, as Sepulturas do Cemitério de S. Cristóvão, etc. Esta série de fotografias continuará ainda no próximo mês de Maio.
Nos contributos, Duarte Toscano enviou-nos uma cópia da revista EdpON 40 com um artigo sobre a obra da Venda Nova III e uma fotografia da última presença no Túnel de Carga da mesma obra antes de o mesmo ser cheio, do qual publicamos a publicação da página da rede social facebook da obra; publicamos uma licença de apanhista das Minas da Borralha, cedida em tempos pela Elisabete e o Victor Alves; e, publicamos ainda uma fotografia do alto de Cabril cedida a Ulisses Pereira.
Nas outras coisas, e ainda dentro da história do minério (sim, não foi na nossa freguesia mas teve reflexos económicos e sociais em Ruivães, daí o interesse), publicamos um excerto do Boletim de Minas de 1916.
Mesmo antes de terminar o mês, mais fotografias dos nossos arquivos, neste caso de Maio de 2011, a anunciar uma nova caminhada
Por último, uma fotografia tirada fora da freguesia e a anunciar qualquer coisa que vai aparecer em breve: no prelo

Estatísticas: 
Na página, a publicação da licença de Apanhistas das Minas da Borralha foi a mais destacada, seguida da do Boletim de Minas de 1916, o que mostra o interesse que este assunto desperta. 
Na rede social facebook, a publicação mais vista foi a mesma que na página, tendo sido seguida de muito perto pelo nosso primeiro directo na rede social facebook


Comentários