«Lembras-te, amigo?»





«
Amigos e conterrâneos:
Apesar de sair a 1 de Janeiro de 2013, desde já vos envio o meu último artigo no Jornal de Vieira, uma vez mais recordando a minha infância ao mesmo tempo que presto homenagem a um amigo que todos vós conheceis. (...)
Um bom ano para todos, por mim espero continuar a colaborar com o J. V. falando sempre da nossa terra, seus encantos, história e tradições.
» 
Manuel Joaquim F. Barros

Comentários

Anónimo disse…
Já tinha lido este interessante texto na página 4 do Jornal de Vieira.
Mais uma vez o autor nos conduz por uma viagem interessante por Ruivães e, mais uma vez, lhe lanço o repto de publicar em livro estas histórias, para que o rodopiar incessante do tempo não se encarregue de as fazer cair no olvido.
É muito importante estarem publicadas no Jornal, mas um livro... é sempre um livro...
Muito obrigado.
Ruivanense Adoptivo