Moínho (interior), por Carlos Costa




(carregar na fotografia para melhor visualização)

Comentários

Anónimo disse…
Lembro-me muito bem de ver estes engenhos a funcionar e tenho saudades de ouvir o barulho do "tangedouro".
Havia uma certa ciência no picar das mós, para que moessem melhor o cereal, o "grão", como então se dizia.
Tanta coisa bonita que há por aqui... que temos que valorizar e proteger ao máximo para que nada deste espólio seja destruído.
É uma exigência cultural e um desafio para toda a comunidade.
Ruivanense Adoptivo