Quinhas de Sousa a carpir lã para fiar, por Manuela Cabugeira




Comentários

Anónimo disse…
Há mais de cinquenta anos que não via uma pessoa a carpir / escardar a lã dos ovinos, para sua posterior utilização na confecção de peças de vestuário ou outros fins congéneres.
Afinal, rocas, dubadouras, teares e outros apetrechos do mesmo género são há muitos anos verdadeiras peças de museu.
Poder ver aqui a senhora Quinhas de Sousa a desenvolver esta actividade não deixa de ser mais um privilégio dos frequentadores deste espaço de excelência.

Ruivanense Adoptivo