Comentários

Ruivanense Adoptivo disse…
Terra, ar, água, eis uma feliz conjugação de elementos que a sensibilidade de Paulo Miranda nos oferecem nesta fotografia muito bem conseguida, como é habitual.
O que dirá a água da barragem, no seu aparente mutismo, à vegetação que lhe é vizinha e à serra que, lá do alto, silenciosamente tudo contempla?
Como são insondáveis certos mistérios de Deus manifestados na Mãe Natureza!!!