Um jardim na Picota

 



 



 



 


 


Fotografias tiradas esta tarde.


 


 

Comentários

Ruivanense Adoptivo disse…
No local menos esperado nasce um jardim assim bonito como este que o nosso "fotógrafo" tão bem soube captar lá na Picota. As oliveiras são sempre árvores que simbolizam a paz, essa paz que tão bem se sente no Minho e no módus vivendi das suas gentes, em simultaneo alegres, sinceras, de boa índole e pacíficas.
Rojano disse…
Belo verde e belas árvores!!!Ainda vão aguentando umas árvores aí por cima,depois de terem feito uma debandada no arvoredo a caminho de São Cristóvão!!!
lindadaserra disse…
De início ainda pensei no Olival da Fonte. Mas vendo bem há nuances no terreno que não são exactamente iguais, embora a estrutura das oliveiras e da jardinagem seja idêntica.
Fui esclarecida sobre o facto e dou os Parabéns à conterrânea Gena e marido pela beleza que apresenta, naquilo que foi um amontoado de lixo a silvas (Claro que as oliveiras e algumas flores já lá estavam, as quais a senhora Maria e senhor Zé, cuidavam com algum gosto enquanto foram mais jovens).
Trata-se da "Albergaria" na Picota - uma nova casa de Família, retomando a antiga tradição da Hospedaria da Casa do Bernardo.
Felicidades para o futuro!
lindadaserra disse…
De início ainda pensei no Olival da Fonte. Mas vendo bem há nuances no terreno que não são exactamente iguais, embora a estrutura das oliveiras e da jardinagem seja idêntica.
Fui esclarecida sobre o facto e dou os Parabéns à conterrânea Gena e marido pela beleza que apresenta, naquilo que foi um amontoado de lixo a silvas (Claro que as oliveiras e algumas flores já lá estavam, as quais a senhora Maria e senhor Zé, cuidavam com algum gosto enquanto foram mais jovens).
Trata-se da "Albergaria" na Picota - uma nova casa de Família, retomando a antiga tradição da Hospedaria da Casa do Bernardo.
Felicidades para o futuro!